segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O IMPÉRIO AMARICANO MATA SEUS FILHOS " HERÓIS"

A cada dia, suicidam-se 22 veteranos do Exército dos EUA

Diário Liberdade
Um de cada cinco veteranos das guerras imperialistas no Iraque e no Afeganistão sofre com estresse pós-traumático e lesões cerebrais severas e seu estado de saúde é muito debilitado porque não recebem tratamento adequado. Isso é o que constata Adin Dobkin, analista de temas de segurança nacional, em um artigo publicado no jornal estadunidense The Hill.
Os ex-combatentes não conseguem se reincorporar à sociedade civil e a média de suicídios é de 22 a cada dia entre essas pessoas, afirma Dobkin.
Essa informação vai de encontro com dados do Departamento de Estado dos Estados Unidos, que afirma que o suicídio é a principal causa de morte atualmente entre os militares da ativa e retirados, superando inclusive o número de vítimas fatais em combate.
No Afeganistão, por exemplo, morreram menos militares em combate do que os que se suicidaram após voltar para casa.
Este ano, o Departamento de Assuntos de Veteranos constatou que mais de 120 mil ex-militares permaneceram durante muito tempo em listas de espera para receber atendimento médico. Em um hospital de Phoenix, 40 morreram devido a essa demora no início do ano.

Sem comentários:

Enviar um comentário